7 Apps para Mac essenciais para Programar

7 Apps para Mac essenciais para Programar

7 Apps para Mac essenciais para Programar

7 Apps para Mac essenciais para Programar 1240 700 BrunoBrito.PT

Em 2015 mencionei 3 aplicações indispensáveis para programar e desde então o meu repertório de “armas secretas” tem vindo a aumentar.

Para mim, o essencial continua a ser um bom editor de texto (tens aqui a lista das minhas extensões preferidas para Sublime e para VS Code) e um terminal bem artilhado (estas são as minhas principais dicas para a linha de comando).

Mas há tanta coisa adicional que podes instalar no teu Mac – estas são 7 aplicações que uso todos os dias, enquanto programo. E a melhor parte é que são todas gratuitas.

Vamos à lista!

#1: Postman

Se trabalhas frequentemente com APIs, esta aplicação vai-te facilitar bastante a vida. Não só é a mais completa (e bonita) que encontrei, como é inteiramente grátis para uso pessoal – para equipas, o melhor será consultares o preçário.

Eu provavelmente uso 10% do que a aplicação permite – crio colecções onde posso guardar vários pedidos, cada um com um nome, para mais tarde os correr – um em cada tab, se assim o desejar.

O Postman em acção

Suporta JSON, XML e HTML, variáveis, todo o tipo de autenticação habitual e imensas definições avançadas, que ainda nem sequer precisei. Felizmente, quando chegar a altura, não deverei encontrar problemas porque a documentação é excelente.

O Postman também está disponível para Windows e Linux.

#2: Sourcetree

Trabalhar com Git é fundamental, e apesar de habitualmente utilizar a linha de comando para os obrigatórios commits, recorro com frequência ao Sourcetree (da malta do BitBucket) para aquelas alturas em que preciso de algum auxílio visual.

Por exemplo, quando quero verificar rapidamente o que alterei em cada ficheiro antes do commit, ou perceber rapidamente o que mudou após um git pull, o Sourcetree é bem mais útil do que a linha de comando. Mesmo que sejas purista do terminal, uma aplicação deste género poderá dar-te bastante jeito em algumas alturas.

O Sourcetree em acção

Naturalmente, podes realizar todos os comandos habituais do git nesta aplicação.

O Sourcetree também está disponível para Windows.

#3: Sip

O Sip é uma aplicação exclusiva para macOS e é o meu color picker preferido, muito porque fica na menubar e pode ser chamado dentro de qualquer aplicação com um simples atalho de teclado – e como eu adoro atalhos de teclado!

Esta aplicação armazena todas as cores que vais capturando ao longo do tempo, tornando-se ideal para construir paletas, e suporta todos os formatos habituais (RGB, hexadecimal, CMYK ou HSL). Também podes converter de um formato para outro, se assim entenderes.

Também existe uma versão paga da app ($9.99 ou parte do pacote mensal Setapp) se quiseres utilizar algumas das funcionalidades avançadas, como um editor de cores ou suporte para a Touchar. Eu nunca senti necessidade.

Num artigo anterior falei desta aplicação, e neste vídeo que fiz podes conhecer melhor o potencial da aplicação.

#4: PrePros

O PrePros é a alternativa barata ao relativamente famoso CodeKit, visto que tem um “Free Unlimited Trial”, sem restrições.

Estas 2 aplicações trabalham um pouco como o Gulp, o Grunt, o Browserify ou o Webpack: automatizam todo o tipo de tarefas por ti, trazendo funcionalidades como:

  • live reload do projeto a cada save;
  • optimização de imagens, sejam elas PNGs, JPGs, ou GIFs;
  • minificação de CSS/JS, para os ficheiros ficarem consideravelmente mais pequenos;
  • deploy directo por FTP ou SFTP, poupando-te o trabalho de seres tu a fazer o upload dos ficheiros.

O PrePros para Mac em acção

Muitos projetos já fazem tudo isto se simplesmente escreveres algo como npm start ou yarn start, mas se tiveres de começar do zero e preferires soluções visuais, esta aplicação será um excelente ponto de partida.

O PrePros também está disponível para Windows e Linux.

#5: Cyberduck

Comecei por experimentar o Cyberduck como alternativa ao FileZilla devido aos vários elogios que vi online, e a verdade é que rapidamente se tornou a minha aplicação favorita para transferência de ficheiros pela web.

Para além do suporte obrigatório para FTP e SFTP, o Cyberduck tem integração com vários serviços cloud, como Azure, Google Cloud, Dropbox, OneDrive e 2 serviços que utilizo frequentemente: o Amazon S3 (óptimo para alojar sites estáticos) e o BackBlaze B2 (que é ainda mais barato, tornando-o ideal para ficheiros pesados).

O Cyberduck para Mac em acção

O Cyberduck também está disponível para Windows.

#6: Clipy

O site está em japonês mas não te assustes, a aplicação está em inglês. Este é o sucessor open source do ClipMenu, que menciono aqui mas que foi descontinuado.

Se fazes copy/paste compulsivamente (há alguém que programe que não o faça?), esta ainda é a melhor aplicação que conheço para rapidamente recuperar textos antigos do clipboard. Existem imensas alternativas (Alfred com o PowerPack, Pastebot, Paste 2…) mas esta para mim ganha pela simplicidade, a rapidez e… por ser grátis!

Podes ver neste vídeo como utilizo o Clipy – na altura, quando o gravei, ainda era o ClipMenu, mas o look não mudou!

#7: ImageOptim

Comprimir imagens é importante para um site mais rápido para os visitantes (para não falar dos ganhos de SEO), e antes de qualquer upload eu arrasto todas as imagens para o ImageOptim – uma aplicação gratuita que comprime qualquer JPG/PNG/GIF o melhor que consegue, recorrendo às melhores ferramentas de optimização, como o PNGOUT, Zopfli, Pngcrush ou AdvPNG.

Os task runners que referi no ponto 4. também recorrem a estas ferramentas, mas por norma acaba sempre por arrastar os ficheiros para esta app, até para ver os fantásticos ganhos de compressão (especialmente se forem JPGs).

ImageOptim para Mac em acção

São alguns segundos de espera que se podem traduzir em vários MBs poupados, se se tratarem de muitas imagens. Obrigatório!


É esta a minha lista. Menções honrosas para:

  • o Moom, para organizar/redimensionar as janelas das diversas apps;
  • o LastPass, para gerir as dezenas de palavras-passe de cada projecto;
  • o CheatSheet, para visualizar os vários atalhos de teclado disponíveis por aplicação.

E tu, que aplicações recomendas?

7 Apps para Mac essenciais para Programar

Tempo de Leitura: 5 min
0