RescueTime – a app que mede a tua produtividade

RescueTime - app que mede a tua produtividade

RescueTime – a app que mede a tua produtividade

RescueTime – a app que mede a tua produtividade 620 350 Bruno Brito

A Internet está repleta de distracções. Quantas vezes não te aconteceu ligar o computador apenas para concluir uma tarefa rápida e encontrares-te, 2 horas mais tarde, perdido nas redes sociais ou no YouTube?

Sejamos sinceros: por muito que a internet nos tenha facilitado a vida, é também responsável por inúmeras horas desperdiçadas.

É difícil resistir às centenas de tentações que a Internet oferece. Aqueles títulos aliciantes e aqueles vídeos estão à espera do teu clique – afinal de contas, a tua tarefa pode esperar mais 3 minutos, certo?

Às vezes parece que não temos qualquer controlo. Mas não tem de ser assim.

Hoje, vou-te apresentar o RescueTime.

Para que serve o RescueTime?

Provavelmente já tiveste curiosidade em saber quantas horas passaste no Facebook ou no YouTube em determinada semana. Ou quanto tempo estiveste no Photoshop ou no Excel.

O RescueTime dá-te precisamente essas respostas. É uma aplicação que controla o que fazes no computador, contabilizando os minutos que passas em cada site e em cada aplicação, para depois te apresentar um relatório com o teu índice de produtividade.

RescueTime - índice de produtividade

Como chega ele a este índice?

Simples. O programa tem já uma enorme base de dados de sites e aplicações, ganhando cada registo uma nota entre 0 (muito distractivo) e 5 (muito produtivo) . Tudo fica também agrupado em categorias como Redes Sociais ou Sites de Notícias.

O RescueTime é, portanto, já bastante inteligente de origem, colocando grande parte dos teus sites e apps nos campos certos.

No entanto, a melhor parte é que o podes “treinar”, explicando-lhe que sites e apps têm um cariz produtivo para ti. Mas já lá vamos.

Instalando o RescueTime

O RescueTime está disponível para Windows, Mac e Linux, e para os browsers Chrome e Firefox. Existe ainda uma app para Android.

Como a extensão para o browser só acompanhará o que fazemos na web, a melhor forma de garantir cobertura total será instalando a aplicação para o respectivo sistema operativo.

Para tal, basta clicar aqui e em “Get Started”, optando depois pelo plano RescueTime Lite, que é grátis.

Depois de descarregada e instalada, só temos de inserir o mesmo endereço de e-mail que colocámos no registo e a aplicação começará de imediato a monitorizar a nossa actividade.

Funcionalidades

A qualquer momento, podemos fazer sign-in e aceder ao nosso dashboard para ter acesso às nossas estatísticas. Facilmente podemos filtrar os resultados por dia, semana, mês ou até ano.

Filtrar por períodos no RescueTime

Como se pode ver, o RescueTime sabe bem onde encaixar cada site ou aplicação.

RescueTime categorias

Se quisermos alterar a categoria de algo (ou indicar se é produtiva ou não) podemos ir a Reports > Applications & Websites, escolher a Activity que queremos alterar e depois clicar em Edit Activity.

RescueTime - edit activity

Também é possível editar uma categoria se formos a Reports > Categories e clicarmos em Edit categories. Posso, por exemplo, alterar a categoria de “Business” para Neutral ou Productive, visto ser um profissional de Marketing.

RescueTime - alterar produtividade

No entanto, uma forma mais rápida de editar as principais actividades é se formos a Categorize Activities, dentro de Reports > Productivity.

RescueTime - categorize activities

Esta é também uma óptima forma de visualizar toda a semana, como se pode ver!

Por fim, podemos estabelecer objectivos (Goals) para a nossa actividade e até indicar se esse objectivo deve ser alcançado num período específico, como manhãs, tardes ou dias de semana.

RescueTime - set new goal

O plano Premium

Apesar de não utilizar o plano pago, a verdade é que este traz algumas funcionalidades extra que podem justificar o investimento para algumas pessoas.

Por 9 dólares mensais (ou $72 por ano), o plano Premium do RescueTime, dá-nos relatórios mais detalhados, um registo das principais conquistas do dia, o tempo passado em reunião ou ao telefone e, talvez a funcionalidade mais interessante, a possibilidade de impedir (durante um determinado período de tempo) o acesso a sites que a aplicação considera uma distracção.

RescueTime - get focused

Conclusão

Há já vários meses que utilizo esta app e sinto que serviu, pelo menos, para ter uma melhor noção de como passo o meu tempo à frente do computador.

Não vivo obcecado em obter uma nota elevada de produtividade no final da semana, mas a verdade é que o tempo alocado a tarefas que considero produtivas tem de facto aumentado com o passar dos meses, sendo os sites time suckers cada vez menos tentadores.

Só por isso, já acho que vale a pena o download! O que dizes?

Se quiser entrar em contacto comigo, pode enviar-me um e-mail para [email protected] ou preencher o formulário abaixo.

NOTA: Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

RescueTime – a app que mede a tua produtividade

Tempo de Leitura: 4 min
4